ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM PACIENTES PÓS-CIRURGIA DO CÂNCER DE MAMA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Denilson de Queiroz Cerdeira, Thaís Teles Veras Nunes, Amene Cidrão Lima, Marphisa Rachel de Siqueira Rego, Gisnay Ribeiro Coutinho

Resumo


O câncer de mama é a neoplasia de maior ocorrência entre as mulheres, sendo considerado um problema de saúde pública. Consequentemente é uma das causas de morbidade e mortalidade na mulher. Objetivou-se buscar informações sobre a atuação da Fisioterapia em pacientes pós-cirurgia de câncer de mama, conhecendo os aspectos desta atuação e como tem sido empregado na documentação bibliográfica. Tratou-se de uma pesquisa bibliográfica no período correspondente aos últimos 15 anos (1998 a 2013), nas bases Medline, Lilacs, Scielo, Pubmed e PEDro, utilizando-se as palavras chave: Oncologia, Fisioterapia, Reabilitação, Mastectomia. Foram incluídos na pesquisa estudos de sujeitos com idade superior a 18 anos, idioma inglês, português e espanhol. Foram excluídos artigos que não descreviam a atuação da Fisioterapia adequadamente e estudos de casos. Foram encontrados 337 artigos, dos quais 30 foram selecionados, sendo 08 artigos de revisão, 13 estudos transversais e 09 ensaios clínicos. A revisão de literatura evidenciou a importância do tratamento fisioterapêutico em pacientes no pós - operatório de câncer de mama. Os estudos demonstram que a Fisioterapia desempenha um papel fundamental na prevenção ou diminuição de possíveis sequelas advindas do pós-operatório, como complicações respiratórias, circulatórias e osteomioarticulares.

Palavras-chave


Oncologia. Fisioterapia. Reabilitação. Mastectomia.

Texto completo:

PDF

Referências


BARAÚNA, M. A.; CANTO, R. S. T.; SCHULZ, E.; SILVA, R. A. V.; SILVA, C. D. C.; VERAS, T. M. S.; FREITAS, V. R.; SILVA, V. C. C.; BARAÚNA, K. M. P.; BARAÚNA, P. M. P. Avaliação da Amplitude de Movimento do Ombro em Mulheres Mastectomizadas pela Biofotogrametria Computadorizada. Revista Brasileira de Cancerologia, v. 50, n. 1, p. 27-31, 2004.

BARBOZA, R.C.M. Bases Reabilitativas de Fisioterapia no Câncer de mama. Rio de Janeiro, 2009.

BRASIL. Ministério da Saúde. Controle do Câncer de Mama Documento Consenso. Rio de Janeiro: INCA, 2004.

BRASIL. Ministério da Saúde. Estimativas de Câncer no Brasil. Rio de Janeiro: INCA, 2007.

DURVALINA, N. L.; CONCEIÇÃO, A. G. Recursos fisioterapêuticos em linfedema Pós-Mastectomia: uma revisão de literatura. Fisioterapia e Movimento. v. 24, n. 1, p. 191-200, jan./mar. 2011.

FERREIRA, P. C. A.; NEVES, N. M.; CORREA, R. D.; BARBOSA, S. D.; PAIM, C.; GOMES, N. F. Educação e Assistência Fisioterapêutica às Pacientes pós-cirurgia do Câncer de Mama. In: Anais do 8° Encontro de Extensão da UFMG. Belo Horizonte, 2005.

FERRO, A. D. M.; GONTIJO, A. D. M.; BOTTARO, M.; VIANA, J. Os efeitos do tratamento fisioterapêutico na biomecânica morfofuncional no pós-operatório do câncer de mama. Pós-graduação Lato-Sensu em Fisiologia do Exercício e Avaliação Morfofuncional. Universidade Gama Filho, 2004.

GIL, A. C. Como elaborar projeto de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2009.

GUERRA, M. R.; MENDONÇA, G. A. S.; BUSTAMANTE – TEIXEIRA, M. T.;CINTRA, J. R. D.; CARVALHO, L. M.; MAGALHÃES, L. M. P. V. A sobrevida em cinco anos e fatores prognósticos em uma coorte de pacientes com câncer de mama tratadas em Juiz de Fora, Minas Gerais, Brasil. Caderno de Saúde Pública, v. 25, n. 11, p. 2455-2466. Rio de Janeiro, 2009.

GUTIÉRREZ, M. G. R.; BRAVO, M. M.; CHANES, D. C.; VIVO, M. C. R. SOUZA, G. O Adesão de mulheres mastectomizadas ao início precoce de um programa de reabilitação. Acta Paulista de Enfermagem. v. 20, n. 3, p. 249-54, 2007.

HECKERT, U. Reações Psíquicas à mastectomia. Revista de Psiquiatria clínica, v. 30, n. 5, p.10-11, 1995.

JAMMAL, M. P.; MACHADO, A. R. M.; RODRIGUES, L. R. Fisioterapia na reabilitação de mulheres operadas por câncer de mama. O Mundo da Saúde. São Paulo; v. 32, n. 4, p. 506-10, 2008.

MARCELINO, D. R.; COSTA, T.; BRAZ, M. M. Atuação da Fisioterapia em paciente submetida à Tumorectomia. Revista Fisioterapia Brasil, v. 3, n. 10, p. 13-14, 2003.

MENDONÇA, A. P.; DUARTE, T.; PEREIRA, F.; MARTINS. H.; PIRES, V. A.; XAVIER, M. A Importância da Intervenção fisioterapêutica no tratamento pós - operatório de câncer de mama. XIII Encontro de Iniciação Científica. Universidade do Vale do Paraíba, 2008.

MOURÃO, C. M. L.; SILVA, J. G. B.; FERNANDES, A. F. C.; RODRIGUES, D. P. Perfil de pacientes portadores de câncer de mama em um hospital de referência no Ceará. Fortaleza, 2008.

PEREIRA, T. B.; BERGMANN, A.; RIBEIRO, A. C. P.; SILVA, J. G.; DIAS, R.; RIBEIRO, M. J. P.; THULER, L. C. S. Padrão da atividade mioelétrica dos músculos da cintura escapular após linfadenectomia axilar no câncer de mama. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetria. v. 31, n. 5, p.224-9, 2009.

RETT, M.T.; SIMÕES, J. A.; HERRMANN, V.; GURGEL, M. S. C.; MORAIS, S. S. A cinesioterapia reduz a dor no membro superior de mulheres submetidas à mastectomia ou quadrantectomia. Revista Dor. São Paulo, v. 13, n. 3, p. 2001-2007, jul./set. 2012.

SILVA, M. P. P. Movimento do Ombro após Cirurgia por Carcinoma Invasor da Mama: estudo randomizado prospectivo controlado de exercícios livres versus limitados a 90° no pós operatório. RBGO. v. 26, n. 2, 2004.




DOI: http://dx.doi.org/10.25190/rec.v3i1.1398

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Revista Expressão Católica

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


ISSN: 2357-8483

Revista Associada
Indexadores
Área de Avaliação Qualis | Quadriênio 2013-2016 Classificação
Administração pública e de empresas, ciências contábeis e turismo. B5
Educação. C
Filosofia. C
Ciências Biológicas II C
Direito B5
Ensino B5
Interdisciplinar C
Letras/Linguística C
Psicologia B5
Saúde coletiva C
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.