O CONTROLE INTERNO PARA A GESTÃO ESTRATÉGICA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA COMERCIAL NA CIDADE DE QUIXADÁ-CE

Nathaly Maria Martins Freire, Douglas Willyam Rodrigues Gomes

Resumo


Considerando o mercado atual em que as empresas encontram-se inseridas, garante a perpetuidade aquelas que possuem uma gestão ajustada em informações pautadas em confiança que, por sua vez, dependem de um adequado controle interno. O objetivo do presente estudo tem por finalidade avaliar as contribuições que o controle interno traz para a gestão estratégica eficiente de uma empresa concessionária de motocicletas com sua matriz situada na cidade de Quixadá-Ce. Para tanto, utilizou-se como metodologia a pesquisa exploratória, bibliográfica, diagnóstico, quantitativa a partir de um estudo de caso. Os dados foram coletados através de um questionário junto á cinco colaboradores, constituídos por um diretor financeiro, contador e três funcionários da empresa objeto de estudo, com respostas pré-elaboradas por meio do método Likert. Os dados dos questionários foram analisados por meio do software Excel e técnicas estatísticas simples. Os resultados apontaram que a empresa possui um aceitável nível de controle interno, se fazendo necessário algumas alterações em pontos que merecem análises mais profundas para correções e melhorias que se fazem necessárias ao bom funcionamento dos processos. O estudo permite concluir que o controle interno possibilita ótimas contribuições para o nível estratégico da empresa, direcionando as decisões para um caminho mais eficaz. 


Palavras-chave


Controle Interno. Gestão. Estratégica.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, M. C. Auditoria: um curso moderno e completo. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

ATTIE, W. Auditoria: conceitos e aplicações. São Paulo: Atlas, 2009.

______. Auditoria Interna. 2. ed. Editora Atlas, São Paulo, 2007.

BEUREN, I. M. O papel da controladoria no processo de gestão. In: SCHMIDT, P. (Org.) Controladoria: agregando valor para a empresa. Porto Alegre: Bookman, 2002.

COMISSÃO de procedimentos de auditoria do Instituto Americano de Contadores Públicos Certificados, Normas e procedimentos de auditoria, 1971.

COSTA, E. A. da. Gestão Estratégica. São Paulo: Editora Saraiva, 2003.

CHOO, C. W. A organização do conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. São Paulo: Editora SENAC, 2003.

CREPALDI, S. A. Auditoria Contábil: teoria e prática. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

CRESWELL, J. W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. Porto Alegre: Artmed, 2007.

DRUCKER, P. Sociedade pós-capitalista. São Paulo: Pioneira, 1999.

FRANCO, H.; MARRA, E. Auditoria contábil. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2001.

GIL, A. C. Como elaborar Projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

______. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

IUDÍCIBUS, S. de; MARION, J. C. Dicionário de termos de contabilidade. São Paulo: Atlas, 2001. p. 101.

MANZI, V. A. Compliance no Brasil. São Paulo: Editora Saint Paul, 2008.

MARTINS, G. A.; THEÓPHILO, C. R. Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MOSCOVE, S. A.; SIMKIN, M. G.; BAGRANOFF, N. A. Sistemas de informações contábeis. São Paulo: Atlas, 2002.

MUZILLI, M. A. Artigo diferença entre compliance e auditoria interna? Disponível em: . Acesso em: 29 jul. 2015.

NAKAGAWA, M. Introdução à controladoria: conceitos, sistemas, implementação. São Paulo: Atlas, 1993. p. 42.

NONAKA, I.; TAKEUCHI, H. Criação de conhecimento na empresa: como as empresas japonesas geram a dinâmica da inovação. 5. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

PORTAL DE AUDITORIA. Disponível em: . Acesso em: 02 mai. 2015.

ROESCH, S. M. A. Projetos de estágio do curso de administração: guia para pesquisa, projetos, estágios e trabalhos de conclusão de curso. São Paulo: Atlas, 1996.




DOI: http://dx.doi.org/10.25190/rec.v5i1.1480

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Expressão Católica

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


ISSN: 2357-8483

Revista Associada
Indexadores
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.